Testemunho de Glória Polo – VI

Satanás e a sua estratégia

Tópicos: Astúcia de Satanás/ ir à missa e à bruxa/ desacreditar Aparições /espiritismo/ astrologia/ adivinhação/ o selo de Satanás/ ida à bruxa/ vítima de influência maléfica /possessão diabólica leve.

Glória Polo conta:

lion1“Quem viu o filme da Paixão de Cristo deve lembrar-se que, quando estavam a flagelar Jesus, vemos um demónio com um bebé, que é um demónio também, que olha Jesus e sorri. Saibam que hoje já não é um bebé, mas sim um engendro maligno, enorme e perverso, que tem muita gente escravizada pelos prazeres da carne, outros na bruxaria, outros em teologias erradas, como por exemplo aquelas que afirmam que o demónio não existe.

Imaginem como o demónio é tão astuto que se nega a si próprio! Ele faz-nos pensar que não existe, para poder actuar à vontade e levar-nos à destruição. Até  aos que crêem em Deus o demónio busca uma forma de os confundir. Às vezes, quando há aparições, ele faz crer sempre que são aparições falsas. Ele confunde o povo de mil e uma formas, usando a parte débil de cada um. Muitos católicos crentes, praticantes, vão à missa e ao bruxo ao mesmo tempo, porque o maligno faz-nos acreditar que não há mal nenhum nisso e que vamos para o Céu na mesma, porque não fomos lá a fazer mal a ninguém. O demónio guia, usa e dirige tudo isso com uma estratégia muito bem preparada. Mas saibam que quando vão à bruxa, não importa o que vão fazer, a besta coloca-vos o selo da sua marca, não importando se se trata de bruxos, cartomantes ( que lêem as carta), adivinhos, astrólogos, invocadores de espíritos,……em todos os sítios o demónio põe-vos o seu selo, a sua marca ( mesmo que vão somente como acompanhantes de alguém).

Eu fui pela primeira vez a um sítio desses com uma amiga que me levou a uma bruxa, para uma consulta, para adivinhar o meu futuro, e fui marcada pela besta. O maligno pôs-me o seu selo. O pior  é que, no meu caso, o mal marcou-me naquele dia através daquela senhora. A partir daí, começaram as perturbações, tais como: pesadelos nocturnos, angústias, medos, temores… e até um desejo profundo de me suicidar! Eu não entendia o porquê desses desejos. Chorava, sentia-me infeliz e nunca mais me senti em paz. Rezava, mas sentia o Senhor longe de mim, nunca mais senti aquela proximidade com Deus que sentia quando era pequena. Cada vez me custava mais e mais rezar, cada vez era mais e mais difícil. Claro! Tinha aberto a porta à besta e o maligno entrou com força na minha vida”.

FONTE:” Da ilusão à verdade”, tradução do CD de Gloria Polo por Maria José Moniz, Cidade do Imaculado Coração de Maria, Aprt.86, 2496-908 Fátima. Preço: 2 Euros

Sugestão : Adquira, leia, releia e …ofereça!

Considerações:

1. Existência e acção de Satanás

O melhor serviço que podemos prestar a Satanás é acreditar que ele não existe, por isso, quem assim nega a sua existência negará também a sua acção nefasta no mundo dos homens e, claro, também negará a existência do inferno. Quem negar isto tudo também negará a acção de Cristo na possessão diabólica e na expulsão dos demónios em diversos tipos de possessão ou de influências satânicas.

Quem negar a existência e acção de Satanás também negará o que na Bíblia se diz sobre ele, o que equivale a dizer que não encarará a Bíblia como Palavra de Deus, pois  nela se prova, logo no princípio (Génesis) a sua existência e acção, igualmente se provando no fim (Caps.12, 21 e 22) do Apocalipse. Cristo chamou-lhe o pai da mentira, aquele que pode lançar na Geena (inferno) o corpo e a alma. S. Pedro chama-lhe o Leão que ruge constantemente em volta do homem para o devorar. O Apocalipse refere-se a ele como: o Anjo das trevas, o Tentador, o Acusador, o Dragão, o Dragão vermelho, a Besta negra, etc. A existência e a acção de Satanás são dogmas de fé, por isso, quem os negar cai no pecado da heresia.

Glória Polo sabe do que fala quando se refere a Satanás, pois  experimentou a sua acção. Aquilo que ela diz continua a verificar-se e muitos dos suicídios e homicídios, para os quais ninguém conhece a causa, devem-se a envolvências com a esfera da existência de Satanás e da sua multifacetada acção. Que acções humanas estão na esfera de Satanás?  Todo o tipo de espiritismo, todas as filosofias e teologias pagãs, todos os tipos de música ruidosa e blasfema, descaradamente satânica, todo o envolvimento em sociedades secretas, todos os tipos de magia negra, todos os tipos de adivinhação, astrologia, evocação de espíritos, bruxaria, todos os curandeiros que dizem “ver”  e diagnosticar as doenças por “iluminação” dos seus protectores, etc., etc. Já não falo das superstições e cultos africanos e americanos, dos quais há uma extensa lista. Junte-lhe certas medicinas  e práticas terapêuticas de origem hindu ou budista que se apoiam em crenças e filosofias pagãs. Não esqueça que Satanás é o rei do paganismo, o que ele próprio confessou a Cristo: “Tudo isto é meu: Dar-to-ei, se prostrado me adorares!”. Cristo chamou-lhe também o ”rei deste mundo”.

A possessão diabólica é o fenómeno estranho de que se fala com frequência, que uns negam, outros troçam, outros duvidam e outros encaram seriamente, pois Cristo lidou várias vezes com as vítimas desse fenómeno, expulsando demónios dos corpos dos possessos. Os demónios podem entrar nas almas, caso elas estejam em pecado grave, mas podem também apoderar-se do corpo ou  de partes dele, incluindo o cérebro e a mente. O evangelista S.João relata, a propósito da Comunhão de Judas em pecado grave,  na Ultima Ceia: “ E entrou nele Satanás”. Toda a alma que estiver em pecado grave  está sob a influência de Satanás, mesmo sem o corpo estar possesso. É isso a que chamamos “pecado mortal”, porque, afastando-se a presença de Deus na alma, entra Satanás, que é morte, condenação, castigo eterno, caso se venha a morrer nesse estado.

2. Astúcia e inteligência de Satanás

Satanás e Lúcifer eram  anjos   da Corte Celeste e pertenciam aos coros angélicos mais elevados (Serafins e Querubins). Os anjos  são espíritos e foram criados com uma inteligência muito superior à dos seres humanos, por isso, nós não estamos em condições de competir com eles em nenhum aspecto. O facto de  “um terço das estrelas do Céu (anjos) terem pecado e terem sido precipitados no Abismo (Inferno)”  não lhes retirou as capacidades e os atributos relativos à sua inteligência, só que, depois disso, passaram a servir-se deles exclusivamente para o mal, sobretudo   para o mal que possa afectar os seres humanos. O que os move? O ódio a Deus, do Qual tentam vingar-se, e aos homens, que também odeiam, porque sabem que foram criados para servir a Deus nesta vida e gozá-Lo no paraíso na outra. Aqui, é a inveja  que os move, como diz S. Pedro, porque não aceitam que os homens venham a gozar aquilo que eles perderam para sempre.

Dotados de inteligência superior, os demónios usam-na para levar os homens ao mal, servindo-se de todos os meios que estão ao seu alcance, sugerindo, fingindo, enganando, disfarçando, mentindo, cobrindo de beleza o que é feio, levando pessoas a crer que não há pecado, que a mulher é dona do seu próprio corpo, que todas as religiões são boas, que a Missa e a Confissão foram inventadas pelo padres, que ele  (Satanás)não existe, concedendo  dons de cura, dons de vidência, fazendo até milagres, como Cristo afirmou, etc. Tudo para levar os seres humanos ao inferno, seja pelo pecado, pela falta de fé, pelo suicídio, pelo espiritismo, por se seguirem leis humanas que levam ao pecado.

Um santo disse, na visão do inferno, que a maior parte dos condenados eram aqueles que negavam a sua existência. Diziam, enquanto vivos,  esses condenados e dizem muitos ainda hoje : ” Inferno, inferno…é nesta vida!”. Relembro a frase da Jacinta Marto, em Fátima, depois da visão do inferno: “Se as pessoas soubessem o que é a eternidade!”

Não crer na existência de Satanás e outros demónios é mais ou menos proceder como um exército que pensa avançar seguro, na convicção de que não há inimigos por ali, desleixando-se, por isso, em enviar batedores para analisar previamente o terreno. O que poderá suceder-lhe? Uma emboscada. S. Pedro diz que “ o diabo, vosso adversário,  anda à vossa volta rugindo como um leão, buscando a quem devorar” ( 1 Pe 5). Ele tem sobre nós a vantagem de saber por onde andamos, o que fazemos, quais são os nossos pontos  fortes e também os fracos. Os seus ataques começam pelos nossos pontos fracos, passando depois aos fortes. Em estratégia de combate às almas Satanás supera qualquer comandante militar e toda a estratégia humana. Nas batalhas entre os homens vence o exército que mata mais corpos, mas  nos combates contra Satanás estão em jogo tanto os corpos como as almas. No Juízo Final, os corpos acompanharão as almas por toda a eternidade, seja para o inferno, seja para o paraíso. É este o ensino da Igreja e é Dogma de Fé, por isso, é herético quem o negar, porque nega verdades que o próprio Cristo revelou.

 Ezequiel Miguel

 .

Artigos relacionados:

. D. Chica vai à bruxa

. O Espiritismo

.Entrevistando Satanás – I

.Entrevistando Satanás – II

.Entrevistando Satanás – III

.Entrevistando Satanás – IV

.Entrevistando Satanás – V

.Entrevistando Satanás – VI

. Entrevistando Satanás – VII

. Entrevistando Satanás –  VIII

.Entrevistando Satanás – IX

. O sobrenatural e o oculto

Anúncios

4 comentários (+add yours?)

  1. Trackback: Testemunho de Gloria Polo – VIII | Deus, Bíblia e Poesia
  2. Trackback: Testemunho de Glória Polo – XII | Deus, Bíblia e Poesia
  3. Trackback: Testemunho de Gloria Polo – XIII N/P | Deus, Bíblia e Poesia
  4. Trackback: Testemunho de Gloria Polo XVI – O Livro da Vida | Deus, Bíblia e Poesia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s