Salmo 31 (32) –Sois para mim refúgio

confissao15Feliz aquele cuja culpa foi perdoada

e cujo pecado foi por Deus absolvido!

Feliz quem o Senhor não acusa de nada,

em cujo espírito não há engano escondido.

.

Enquanto me calei, meus ossos se mirraram,

pois todos os dias se encheram de vazio,

em gemidos os dias e as noites passaram,

o meu vigor se esvaiu ao calor do estio.

.

A Vós, Senhor, o meu pecado confessei

e de Vós as minhas culpas não escondi.

Disse:” As minhas faltas Lhe apresentarei”

e logo eu as minhas culpas perdoadas vi.

.

A Vós suplica o fiel em horas dolorosas,

nesse tempo em que o sufoca a tribulação,

mesmo que transbordem as águas caudalosas,

a ele só as águas não atingirão.

.

Vós sois para mim esse refúgio seguro,

das tenazes da angústia Vós me preservais,

construí entre mim e os perigos um muro,

com cânticos de vitória me libertais.

.

O caminho a seguir Eu te vou ensinar,

de olhos postos em ti serei teu conselheiro,

o cavalo e o jumento não vais imitar,

que se adaptam ao freio em uso costumeiro.

.

Só deste modo, por falta de entendimento,

com o freio e o cabresto se podem domar;

de contrário, vê-los-ás fugir como o vento

quando de ti os quiseres aproximar.

.

Muitos são os sofrimentos do pecador,

a quem Nele confia Deus dá protecção;

alegrai-vos, justos, exultai no Senhor

vós todos os que sois rectos de coração!

.

Ezequiel Miguel

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s