Os Alicerces da Nova Jerusalém IX – Topázio / Tiago menor

(Cf.  Epístola de S. Tiago)

topazio. “A Cidade tinha doze fundamentos e sobre eles os nomes dos doze Apóstolos do Cordeiro” (Ap 21,14)

. “Os alicerces da muralha estavam incrustados com toda a espécie de pedras preciosas: o primeiro, com Jaspe; o segundo, com Safira; o terceiro, com Calcedónia; o quarto, com Esmeralda; o quinto, com Ónix; o sexto com Sardónica; o sétimo com Crisólito; o oitavo, com Berilo; o nono, com Topázio;…” (Ap 21, 19-20)

 ,

Vem o nome de S.Tiago

a lembrar Jerusalém,

onde, em dia muito aziago,

seu corpo amassado tem.

.

A Sião está bem ligado

pela forte pregação:

o estipêndio do pecado

é arder como um tição.

.

Um Topázio será Tiago

e também a sua coluna,

provando, não sendo mago,

que  o oiro com fogo coaduna.

.

Topázio veste amarelo,

transparente, cor de fogo,

levando a viver singelo,

sem do demo fazer jogo.

.

De outras cores pode ser,

todas com a sua beleza,

parecendo nos dizer:

“Que bela, a Dona Riqueza”!

.

É S. Tiago que assim prega:

“É bela a Dona Pobreza,

que, feliz, ao Céu te leva,

rico Topázio em beleza”!

.

Para arder é tudo o que venha

com ossos e carne cruenta;

as riquezas são a lenha

de que o Fogo se alimenta

.

De fogo são Fé e Amor,

que o Reino de Deus alarga,

fazendo esquecer a dor

e a adoçando quando amarga.

.

É de fogo, por santa, a obra

que em seu Deus a Fé suporta,

mas que dela nada sobra

se, sem obras, fica morta.

.

De Fogo é uma língua afiada,

que a todos queima o seu manto;

no fogo será queimada

e surdo será o seu pranto.

.

É torneira de água pura,

a língua, se controlada,

porém, fonte de água escura

é uma língua envenenada.

.

Ela é uma fonte de bênção,

muito mais valiosa que o ouro;

se fonte de maldição,

é do diabo um tesouro.

.

A língua de morte é toiro,

sempre à espera de marrar,

atirando ao sorvedoiro

tudo o que puder matar.

.

Do deserto vem ar quente,

que lá muito se conserva;

como a língua de serpente

é de veneno reserva.

.

Bem pequeno será o fogo

que a floresta põe a arder;

não será nada de novo

a língua um fogo acender.

.

Da serpente sai o ovo

que dá veneno em cadeia;

a língua- nada de novo –

a estranha fama incendeia.

.

Quem por sua língua não peca

é justo – Deus o declara,

sendo rio onde não seca

a corrente de água clara.     (Cf Ben-Sirá, 28,22)

.

Ezequiel Miguel

.

Artigos relacionados:

. Os alicerces da Nova Jerusalém I – JASPE / PEDRO

. Alicerces da Nova Jerusalém II – SAFIRA // ANDRÉ

. Alicerces da Nova Jerusalém III –CALCEDÓNIA // TIAGO Maior)

. Os alicerces da Nova Jerusalém IV – ESMERALDA / JOÃO

. Alicerces da Nova Jerusalém V – ÓNIX / FILIPE

. Os alicerces da Nova Jerusalém VI – SARDÓNICA // NATANIEL (Bartolomeu)

. Alicerces da Nova Jerusalém VII –Crisólito/ Mateus

. Alicerces da Nova Jerusalém VIII – BERILO // TOMÉ

2 comentários (+add yours?)

  1. Trackback: ALICERCES DA NOVA JERUSALÉM – X | Deus, Bíblia e Poesia
  2. Trackback: ALICERCES DA NOVA JERUSALÉM XI | Deus, Bíblia e Poesia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: