Salmo 118 (119 )- Ditoso o que anda na Lei do Senhor

Felizes os que caminham na rectidão

e vivem segundo os preceitos do Senhor!

Felizes os que O procuram de coração,

e observam todos os preceitos com rigor!

.

Felizes os que não praticam a iniquidade

e não se afastam dos  Seus caminhos!

Promulgaste os Teus preceitos com autoridade,

para serem todos cumpridos inteirinhos.

.

Oxalá  meus passos vão por caminhos rectos!

Então, eu não terei de me envergonhar

no fiel cumprimento dos Teus justos decretos,

se os Teus mandamentos cada dia observar.

.

Com um coração recto Te louvarei,

pelos Teus justos juízos instruído.

Os Teus sábios estatutos eu observarei,

não me deixes do Teu auxílio excluído!

.

Como é que um jovem mantém puro o seu caminho?

Somente praticando os Teus ensinamentos.

Eu procuro-Te para não caminhar sozinho,

não me deixes afastar dos Teus mandamentos!

.

Conservei as Tuas promessas no meu coração,

para contra Ti todo o pecado evitar.

A Ti, meus Deus e Senhor, a glória e a bênção,

digna-Te os Teus estatutos me ensinar!

.

Com meus lábios sinto prazer em difundir

os decretos pela  Tua boca pronunciados.

Alegro-me mais em as Tuas ordens seguir

do que em possuir bens e riquezas amontoados.

.

Em todos os Teus preceitos meditarei,

e os Teus caminhos irei ter em atenção!

Alegria em Tuas leis sempre encontrarei

e as Tuas palavras vou gravar no coração!

.

Faz o bem ao Teu servo e dá-lhe longa vida,

para que as  Tuas palavras possa cumprir!

Abre os meus olhos e observarei de seguida

as maravilhas que da Tua Lei vão surgir!

.

Não passo nesta terra de um pobre estrangeiro,

não queiras esconder de mim  Teus mandamentos!

Eu me consumo, sem cessar,  o dia inteiro,

por conhecer  Teus  sábios e justos intentos.

.

Aos soberbos envias a Tua repreensão,

amaldiçoas quem se afasta dos mandamentos.

Livra-me dos insultos e linguajar vão,

pois sigo a Tua Lei, apesar dos sofrimentos!

.

Que os príncipes forcem contra mim a união!

É nas Tuas leis que o Teu servo meditará!

Os Teus preceitos deliciam o coração,

pela Tua Lei minha vida se orientará.

.

A minha alma encontra-se por terra, prostrada.

Reanima-me, que em Tua palavra confiei!

Expus-Te as minhas vias, resposta me foi dada.

Ensina-me a viver de acordo com  Tua Lei!

.

Ilumina-me o caminho dos Teus preceitos,

para em Tuas maravilhas poder meditar!

As minhas lágrimas abrem sulcos direitos.

Segundo a Tua palavra, vem me consolar!

.

Afasta-me do vil caminho da mentira!

Concede-me que sempre viva na Tua lei!

Do caminho da Verdade ninguém me tira,

porque mais que tudo os Teus decretos amei.

.

Apeguei-me aos Teus excelentes mandamentos,

não permitas que me sinta envergonhado!

Corro pelos caminhos do pecado isentos,

pois o  meu coração  foi por Ti dilatado.

.

Indica-me o caminho dos Teus estatutos

e eu os cumprirei, nunca lhes dizendo “não!”

Quero entendê-los e recolher os seus frutos,

obedecendo-lhes de todo o coração.

.

Pela via dos Teus mandamentos me conduz,

porque neles acho alimento delicioso!

Apega-me à Tua Lei, pois ela me seduz,

e não à avareza  ou fim proveitoso!

.

Desvia os meus olhos de tudo o que é vaidade!

Faz que nos  Teus caminhos eu encontre a vida!

Confirma aos Teus servos a Tua fidelidade,

aos que seguem os Teus decretos prometida!

.

Afasta de mim os insultos que receio,

pois são agradáveis, suaves, os teus preceitos!

Observa o amor que aos Teus decretos me veio!

Por eles alinharei a minha vida e feitos.

.

Derrama sobre mim, Senhor, a Tua bondade!

Segundo as Tuas promessas, dá-me a salvação!

Darei, então, resposta aos que usam de maldade,

pois confio na Tua palavra ante o insulto vão!

.

Semeie a  minha boca a palavra da Verdade,

pois eu pus minha confiança em Teus mandamentos!

Das Tuas sentenças retiro a felicidade,

serei fiel à Tua lei nos bons e maus momentos.

.

Em minha mente procuro ter as Tuas leis,

por isso, num largo caminho vou andar!

Ousarei falar dos Teus preceitos aos reis,

sem que ninguém me possa disso envergonhar.

.

Retiro sumo prazer dos Teus mandamentos,

por eles  me apaixonei obcecadamente.

Levanto as  minhas  mãos a  esses Teus portentos,

neles meditarei noite e dia diariamente.

.

Lembra-te: Fizeste ao teu servo uma promessa

e eu confiadamente pus nela a  minha esperança;

minha consolação na miséria é essa:

A  Tua palavra me dará vida e confiança.

.

Os soberbos troçam de mim a toda a hora,

contudo, não me afasto  da Tua lei de amor.

Recordo-me dos teus mandamentos de outrora,

neles encontro consolação, ó Senhor!

.

À vista dos ímpios que abandonam a Lei,

não me é possível conter minha indignação.

Tuas leis são cânticos que sempre cantarei

nesta Terra da minha peregrinação.

.

Pela noite vem o Teu nome à minha mente

e os Teus preceitos ocupam meu pensamento.

Então, neles penso e medito longamente,

para que possa  cumpri-los sem desalento.

.

Senhor, eu disse:” Cabe-me em sorte esta herança:

Pôr em prática diária as ordens que escolheste.

Aplacar a Tua face é a minha esperança.

Tem piedade de mim, tal como prometeste!”

.

Ponderei a minha maneira de viver,

converti meus passos aos Teus ensinamentos,

apressei-me sem demora em me envolver

na guarda rigorosa dos teus mandamentos.

.

Com seus laços, os ímpios me querem cercar,

mas tal não me fez esquecer Teus decretos.

À meia noite levanto-me para Te louvar,

por causa dos Teus estatutos, justos, rectos.

.

Associo-me aos que vivem no Teu Temor

e observam as Tuas normas sem contra-razões;

a terra inteira manifesta o Teu amor,

ensina-me a praticar as Tuas instruções!

.

Trataste o Teu servo com suma deferência,

segundo a Tua palavra, uma vez pronunciada.

Dá-me bom senso, saber e  inteligência,

pois a minha alma vive nas Tuas leis confiada!

.

Eu pequei, antes de me teres humilhado,

mas agora cumpro a palavra que dizeis.

Tu és bom, misericordioso  ante o pecado;

ensina-me  a caminhar segundo as Tuas leis!

.

Os soberbos agem contra mim, fraudulentos,

mas eu cumpro Tuas leis de todo o coração.

Seus corações são espessos e gordurentos,

mas em Tua lei tenho prazer, satisfação.

.

Foi bom para mim o castigo que aplicaste,

pois, assim, aprendi a amar os Teus decreto.

Da Tua boca saiu a lei que promulgaste,

que prezo mais do que o ouro e a  prata concretos.

.

Em silêncio Tuas mãos me criaram e firmaram,

dá-me senso para entender  Teus mandamentos!

Vejam-me com alegria os que o Temor adoptaram!

Na Tua lei estão da minha esperança os fundamentos.

.

As Tuas sentenças, Senhor, são incontestáveis,

foi para meu proveito que um dia me punist!

Teu amor e bondade são-me consoláveis,

segundo a  Tua promessa, que me garantiste.

.

Com a Tua misericórdia  eu viverei,

pois em Tuas leis está o meu contentamento;

porque me provocam os soberbos…não sei,

eu medito nas Tuas leis com arrebatamento.

.

Una-se a mim quem com Temor Te venerar

e quem de acordo com Teus preceitos viver!

Não vá meu coração em Tuas leis fraquejar

e não vá eu essa vergonha conhecer!

 

A minha alma espera na Tua salvação:

é na Tua palavra que eu confio plenamente,

os meus olhos suspiram e atentos estão:

quando é que virás consolar-me, finalmente?

.

Estou como um odre ante o fumo, a asfixiar,

mas Teus preceitos por todo o lado me seguem.

Quantos dias poderá Teu servo ainda contar?

Quando condenarás os que me perseguem?

.

Os orgulhosos que recusam a Tua Lei

já abriram covas para me enterrarem.

Que Teus preceitos são verdadeiros, já  sei,

ajuda-me contra aqueles que me atraiçoarem!

.

Pouco faltou para porem fim à minha idade,

mas os Teus preceitos eu não abandonei.

Conserva-me ainda a vida, por Tua bondade,

e as ordens da Tua boca eu conservarei!

.

A Tua palavra permanece eternamente

imutável; como  os céus, para sempre dura.

A tua fidelidade é também permanente,

como a terra que formaste e também perdura.

.

Tudo perdura até hoje por Tua vontade

e as coisas apenas por Tua vontade o são.

Se na Tua lei não estivesse a felicidade,

eu já teria perecido em minha aflição.

.

Os Teus justos decretos nunca esquecerei,

porque a vida me tens neles alimentado.

Sê  o meu auxílio, pois Teu sempre serei,

e  em cumprir a Tua Lei sempre estive empenhado!

.

Os pecadores buscam minha perdição,

enquanto penso na  lei por Ti promulgada;

nas coisas perfeitas acho limitação,

mas a Tua Lei é de grandeza ilimitada.

.

Quanto apreço eu tenho, Senhor, pela tua Lei,

a ocupar minha mente em todos os momentos,

mais sábio que meus inimigos me tornei,

porque ante meus olhos tenho os Teus mandamentos.

.

Do mau caminho os meus pés tenho desviado,

a fim de os Teus mandamentos sempre guardar,

da Tua Lei não me tenho mantido afastado,

porque és Tu quem aceito para me ensinar.

.

Quão doces são Tuas palavras ao paladar,

mais doces que o mel que dos favos se retira,

Tua Lei fez a minha inteligência aumentar,

por isso, detesto o caminho da mentira.

.

A Tua palavra é farol para meus passos

e luzeiro para os meus caminhos precisos,

estou decidido a evitar do mal os laços

e a guardar integrais os Teus justos juízos.

.

Estou, Senhor, em grande aflição, humilhado.

Segundo a Tua palavra, deixa-me viver!

Aceita o louvor da minha boca agradado

e os Teus rectos juízos me dá  a conhecer!

.

Arrisco a minha vida em tudo o que faço,

mas nunca me esqueço de observar a Tua Lei.

Embora os pecadores me armem um laço,

dos Teus preceitos eu  nunca me apartarei.

.

As Tuas ordens são herança de testamento,

elas, que  ao meu coração trazem alegria.

Cumprirei tudo o que seja Teu mandamento,

para todo o sempre, e disso nada me desvia!

.

Detesto aqueles de coração dividido,

mas eu nutro grande afeição pela Tua Lei.

Tu és meu escudo e refúgio, não duvido,

minha esperança em Tua palavra porei.

.

Convosco, ó ímpios, nenhuma parte terei,

os mandamentos do meu Deus quero observar!

Por Tua promessa sustenta-me e viverei!

A vergonha não vá minha esperança anular!

.

Vem em meu auxílio, dá-me a Tua protecção

e dos Teus decretos ninguém me afastará!

Tu desprezas quem deles desvia a atenção,

porque em seus pensamentos verdade não há.

.

Todos os ímpios…como escória os consideras,

por isso, eu amo todos os Teus mandamentos.

Ante o temor de Ti estremeço deveras,

o meu respeito assenta em sérios fundamentos.

.

Justiça e direito pratiquei com fervor,

por isso, não me abandones aos que me oprimem,

sê a  minha garantia e o meu fiador,

evitando assim que os soberbos me dominem.

.

Meus olhos desfalecem, tem de mim piedade,

sê fiel ao cumprimento do que prometeste,

lida com Teu servo segundo a Tua bondade

e dá-lhe a conhecer a Lei que estabeleceste.

.

Pelos Teus mandamentos eu me apaixonei

e mais que  ao  ouro fino lhes dou o valor ,

por isso, na minha vida as tuas leis plantei

e aos caminhos da mentira não tenho amor.

.

Os Teus preceitos são causa de admiração,

por isso, da sua prática adquiri a ciência,

a Tua palavra é luz para  o coração

e para os simples é fonte de inteligência.

.

Abri a boca para a encher de ar aspirado,

porque pelos Teus mandamentos eu anseio,

tem piedade, mantém-Te para mim voltado,

pois o Teu nome tenho gravado em meu seio.

.

Segundo a Tua promessa, firma os meus passos

e que nenhuma iniquidade me domine,

livra-me do homem violento e dos seus laços!

Que, amando a Tua lei, nenhum mal me contamine!

.

Que brilhe sobre mim a Tua face serena,

mantém a Tua Lei na minha mente gravada,

dos meus olhos escorrem  lágrimas de pena,

porque a Tua lei já deixou de ser observada.

.

Justiça e rectidão são atributos Teus,

Teus juízos são igualmente justos e rectos,

em Ti está toda  a Verdade, porque és Deus,

e na justiça estabeleceste os Teus decretos.

.

Este meu zelo me devora e  consome,

ao ver que a Tua palavra  jaz no esquecimento,

a Tua palavra  santíssima  mata a fome,

por isso, eu me deleito no seu cumprimento.

.

Sou pequeno, de pouca importância, desprezível,

mas não quero desprender-me dos Teus preceitos,

a Tua justiça é eterna, infalível,

e os Teus mandamentos são firmes e perfeitos.

.

Tribulação e angústia sobre mim tombaram,

mas com Teus mandamentos me deliciarei,

as Tuas ordens pela justiça se ordenaram.

Instruí-me em seu cumprimento e viverei.

.

De todo o coração clamo: Ouve-me, Senhor!

Os Teus mandamentos me propus observar.

Atende-me, salva-me, ouve o meu clamor,

porque das Tuas ordens não me quero afastar!

.

Imploro o Teu auxílio antes da aurora

e em Tua palavra achei motivo para confiar.

Às vigílias nocturnas antecipo a hora,

para de noite em Tuas promessas  meditar.

.

Segundo a Tua bondade, ouve os meus clamores,

conforme os Teus desígnios concede-me a vida!

Andam perto os meus iníquos perseguidores,

que bem longe estão da Tua lei, por esquecida.

.

Tu andas por perto, em minha vizinhança,

Teus mandamentos são firmados na Verdade,

de há muito sei que as Tuas ordens são de confiança

e foram decretadas para a eternidade.

.

Resgata-me, olha para a minha aflição,

porque da Tua lei eu não me tenho esquecido!

Defende-me, põe-me a salvo desta opressão,

dá-me a vida, conforme por ti prometido!

.

Longe estão os pecadores da salvação,

porque os Teus estatutos não lhes são precisos;

são grandes a Tua misericórdia e perdão,

restitui-me a vida, segundo os teus juízos!

.

São muitos os que me movem perseguição,

mas eu não ponho de lado os Teus mandamentos;

vendo os pecadores, entro em desolação,

porque eles a Tua promessa lançam aos ventos.

.

Vê como amo os Teus preceitos em cada instante,

dá-me a vida, como é próprio da Tua bondade,

Tua palavra se apoia na Verdade constante,

Tua justa sentença  vale pela eternidade.

.

Só ante as Tuas palavras eu sinto temor,

mas não temo os perseguidores poderosos,

a Tua palavra me alegra e  desperta amor,

a valer mais que quaisquer despojos valiosos.

.

Abomino a falsidade dos pecadores,

porém, eu amo os Teus decretos, sem lamentos,

sete vezes ao dia eu canto os teus louvores

por Teus justos, santos e sábios mandamentos.

.

De muita paz gozam os que amam a Tua Lei,

vivem sem que nenhum tropeço os faça cair;

de Ti, Senhor, a salvação sempre esperei

e as Tuas ordens sempre fiz questão de cumprir.

.

Eu pratico todos os Teus ensinamentos

e a eles consagro a minha grande paixão,

observo Teus avisos e Teus mandamentos,

porque  meus passos se movem sob a Tua visão.

.

Chegue aos Teus ouvidos o meu brado, Senhor!

Esclarece, ilumina o meu entendimento!

Chegue a Ti a minha súplica, o meu clamor,

liberta-me, segundo o Teu prometimento!

.

Os meus lábios se abrirão para Te louvar

quando me tiveres na Tua Lei instruído.

Possa a minha língua a Tua palavra cantar,

porque é justo o preceito por Ti  instituído.

.

Venha sem demora socorrer-me a Tua mão,

porque eu a tudo preferi os Teus preceitos!

Eu suspiro, Senhor, pela Tua salvação,

meu prazer jaz em Teus estatutos perfeitos!

.

Viva a minha alma para cantar Teus louvores

e venham os Teus decretos em meu auxílio!

Vem ao meu encontro, atenua as minhas dores,

porque ando como ovelha errante no exílio.

.

Ezequiel Miguel

Anúncios

2 comentários (+add yours?)

  1. Trackback: Sola Fide, sola Scriptura – I « Deus, Bíblia e Poesia
  2. Trackback: Também vós quereis ir embora? (Cf. Jo 6 ) « Deus, Bíblia e Poesia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: